FECHAR

Assine nossa newsletter:

10 livros para trabalhar o socioemocional com as crianças

10 livros para trabalhar o socioemocional com as crianças

22 dez, 2020 | Publicado por Líder em Mim

O período de recesso escolar já está aí. O momento de repor as energias, relaxar um pouco e também aprender. E não existe uma melhor hora do que essa para ler e aprofundar em conteúdos importantes, utilizando do ócio criativo.

Por isso, nós separamos uma lista de 10 livros para trabalhar o socioemocional com as crianças em casa. Vamos lá?

1 –  A Face Oculta

a face oculta - livros para trabalhar o socioemocional

Este livro é indicado para crianças a partir do 8° ano e retrata um tema muito importante e essencial: O Bullying, um dos vilões responsáveis por inúmeros problemas de autoestima.

Humilhação, hostilidade, ataque, difamação e covardia é uma fórmula que tem nome: bullying ou cyberbullying. Luciana sabe bem o que é isso. Ela fica até altas horas em seu computador, trocando mensagens com muitos amigos de sua rede de relacionamentos e interagindo com outros usuários de jogos online. Acha a realidade virtual muito mais interessante do que o “mundo real”. No entanto, quando Marcelo a escolhe como alvo e começa a bombardeá-la com mensagens ofensivas pelo celular e pelo computador, Luciana fica transtornada, sem saber como agir com esse inimigo desconhecido. A situação se agrava no colégio quando Leonardo envolve Marcelo na prática do cyberbullying para difamar Henry, outra vítima desse tipo de afronta. Luciana e Henry são as vítimas. Leonardo e Marcelo, os agressores.

Quem vai tomar uma atitude para coibir essa guerra?

A discussão desse tema a partir da história de Luciana, traz uma visão do outro lado da moeda para os pais e faz com que as crianças possam refletir sobre esta temática tão importante.

2 A chave de casa 

Ivan Jaf -livros para trabalhar o socioemocional

“A chave de casa” é indicado para alunos do 6º ano e consegue retratar de forma lúdica e envolvente o processo de crescimento e amadurecimento e a relação entre este processo, pais e filhos.

Fernanda pediu um presente de aniversário inusitado: a chave de casa. O objetivo? Se tornar independente, para entrar e sair de casa a hora que bem entendesse. O direito foi conquistado, mas ela teve uma constatação que não esperava.

O que será que aconteceu? 

3 – A carta  

A carta - livros para trabalhar o socioemocional

Há muitas formas de expressar o amor, não é? Mas será que uma carta, em formato de aviãozinho, é a opção ideal?

Para alunos do 4º ano, “A carta” apresenta as formas de expressar o amor e é uma lição sobre empatia e interpretação das emoções.

Na história, o avião de papel se torna o personagem principal que, mesmo sem palavras, pode ser traduzida.

4 – Espelho Maldito

espelho maldito - livros para trabalhar o socioemocional

Um olhar sobre a nossa visão de nós mesmos. Para o 8º ano, “Espelho Maldito” nos mostra, a partir do ponto de vista de Anuska, a relação com o próprio corpo e traz uma reflexão de aspectos essenciais para o desenvolvimento na adolescência.

Depois de iniciar um regime, Anuska não conseguiu mais parar. O espelho se negava a mostrar a realidade. Ela sempre se via com muitos quilinhos a mais.

A história de Anuska convida os jovens a refletirem sobre empatia, cooperação, autocuidado e responsabilidade.

5 – O pavão abre e fecha 

O pavão que abre e fecha - livros para trabalhar o socioemocional

Um mergulho lúdico para crianças na reflexão sobre autoestima, aceitação e autoconhecimento.

O pavão adora elogios. Ao ouvi-los, ele já abre sua exuberante cauda. Mas quando recebe uma crítica, ele esconde o seu leque de penas.

O pavão se pergunta: “Sou bonito? Sou Feio?”, e embarca na sua jornada de autoconhecimento. Será que este livro pode ajudar os pequenos a entenderem essa importante competência?

6 – A história de julia e sua sombra de menino

Sombra - Livros para Trabalhar o socioemocional

Indicado para alunos a partir do 5 ano, a obra propõe uma reflexão fundamental sobre a revolução de comportamentos e jornada do amadurecimento e autoconhecimento dos jovens.

Júlia é muito criticada por seus pais. Eles dizem que ela se veste como um garoto, tem um jeito meio moleque. Ela se sente triste de ser julgada o tempo todo por eles.

Este clássico da literatura francesa fala de como as diferenças ainda são alvo de preconceito na sociedade contemporânea.

7 – Eu não sou assim!

eu-nao-sou-assim- livros-para-trabalhar-o-socioemocional

A introdução de autoaceitação para alunos a partir do 6º ano.

Encarar as mudanças do corpo na adolescência nem sempre é fácil.

O livro “Eu não sou assim”, aborda de forma objetiva o tema e ajuda os jovens a conviverem com detalhes físicos que podem incomodá-los, mas que são normais.

O espelho não pode ser o seu pior inimigo.

8 – Chapéu fora de moda

chápeu-livros-para-trabalhar-o-socioemocional

Uma obra sobre os impactos e as formas de lidar com o Bullying na infância. “Chapéu fora de moda” é emocionante e traz grandes aprendizados para crianças.

Quando criança, Beto ganhou um chapéu de tricô de sua avó. Ele é quentinho e confortável. Mas, por algum motivo, o chapéu é motivo de sarro entre os amigos de Beto. O que será que Beto vai fazer? Deixar de usar o seu amado chapéu ou trocá-lo?

Somos convidados para uma jornada sobre autoconhecimento, autocuidado, empatia e cooperação.

9 – Dom Casmurro – HQ 

Dom Casmurro - Livros para trabalhar o socioemocional

Uma introdução aos clássicos literários para crianças a partir dos 9 anos. A versão em quadrinhos de “Dom Casmurro”, obra prima de Machado de Assis, nos ajuda a embarcar em uma aventura por mentiras, descobertas e aprendizados.

Bento, o personagem da obra, rememora a sua existência, o que ele chama de “atar as duas pontas da vida”. No livro, o leitor acaba descobrindo o motivo de Bento ter passado a ser chamado de Dom Casmurro.

10 – A máquina fantabulástica 

A maquina fantabulástica -livros para trabalhar o socioemocional

Que história é essa de criança querendo ser adulto?

Para crianças em processo de alfabetização, “A máquina fantabulástica” traz a história do pequeno Joaquim que descobre, no 13º andar do seu prédio, um mundo cheio de personagens interessantes. São eles que ajudam o garoto a redescobrir o prazer de ser criança! Embarque com o garoto em uma jornada que promove o autoconhecimento e o autocuidado.

Conclusão

A leitura em conjunto é uma ótima forma de trabalhar as relações familiares e aprender junto. Junte todos à sala e aproveitem uma boa aventura!

E, caso queira receber mais dicas como estas, acesse nossa página do Instagram: @programalideremmim

0 Comentários

Os comentários estão fechados.