As lideranças em sala de aula

Líder em Mim

5 de julho de 2021

Compartilhe:

Em muitas escolas, já faz parte da programação do ano letivo eleições para a escolha do líder da sala de aula. Por votação, os alunos de cada classe elegem o colega que representará a turma. Entre suas funções está fazer o elo entre eles e a escola. Nessas ocasiões, geralmente, lançam-se como candidatos aqueles mais desinibidos, mais falantes e carismáticos. Porém, é importante destacar que dentro de uma mesma sala, é bem provável encontrar, em diferentes personalidades, variadas formas de liderança.

Ao observar atentamente cada aluno, o professor poderá identificar essas lideranças dos mais diferentes perfis. Elas podem ser muito úteis para variadas missões e responsabilidades. Parte da força do Líder em Mim, inclusive, vem da valorização do aluno como indivíduo. Ele leva em consideração que cada criança é diferente, ou seja, é melhor e tem potencial em áreas diferentes.

https://www.youtube.com/watch?v=U9vi0acPujE

Variadas lideranças em sala de aula

Além do aluno extrovertido, mais comunicativo, e que tem o perfil para tornar-se representante da turma, dentro de uma sala de aula, encontramos outros perfis de alunos que, ao terem suas potencialidades exploradas, podem trazer uma rica contribuição coletiva, de modo a garantir o bom andamento em sala e influenciar positivamente o desempenho da turma.

Um desses perfis diz respeito ao aluno emocionalmente inteligente. Estudantes com essa característica são de fácil relacionamento, conversam bem com toda a turma. Se bem trabalhados pelo professor esse perfil de aluno pode exercer influência positiva dentro da sala de aula.

Os alunos tímidos podem e devem ser igualmente trabalhados. Apesar de serem mais quietos e introspectivos, geralmente também são mais observadores e organizados. Essas qualidades podem ser exploradas para que eles exerçam a liderança, por exemplo, na organização de trabalhos da turma, como exposições, entre outras atividades escolares.

Outros exemplos de liderança em sala de aula

Outro perfil de aluno comumente encontrado em sala de aula é o contestador. Ele é mais questionador, não se contenta com qualquer resposta. Por vezes, chega até a questionar metodologias e lições aplicadas em sala pelo professor.

Com sua inquietude, esse perfil de estudante pode ser essencial para que o professor se auto avalie. Dessa forma, pode buscar as mudanças que essa análise provocará, em prol da melhora na metodologia aplicada em sala ou até mesmo na forma da transmissão do conhecimento.

liderança em sala de aula

Na sala de aula, ainda é possível encontrar mais um perfil interessante. São os estudiosos, formado por alunos aplicados, que realizam todas as tarefas e que têm maior sede de conhecimento. Estudantes com esse perfil podem exercer uma liderança na questão da disseminação do conhecimento. Podem, por exemplo, ser estimulados pelo professor para solucionar dúvidas dos demais colegas. Isso contribui bastante para o bom desempenho escolar.

Além desses, você professor certamente encontrará outros perfis de estudantes em sala de aula. Esteja sempre atento, observe o aluno individualmente e explore suas qualidades. Isso facilitará a condução da aula e garantirá extrair o melhor de cada estudante.

Liderança em sala de aula: O programa Líder em Mim

O Líder em Mim é um programa de educação socioemocional focado em promover a mudança comportamental em educadores, crianças e adolescentes, desenvolvendo sua autoestima e autoconhecimento para que se tornem protagonistas de suas próprias vidas e da transformação da sociedade.

Conjunto de habilidades sociais e emocionais que impactam nosso comportamento, atitudes, modos de pensar e sentir e são tão importantes quanto a leitura, a escrita ou o cálculo.

Com a aprendizagem socioemocional é possível ajudar os alunos a conhecerem o que gostam de estudar, como aprendem de maneira mais eficaz, o que os faz desistir, em que costumam errar, quais são as emoções que os dominam quando fracassam ou são provocados, além de ajudá-los a construir relações mais positivas e colocá-los em um caminho de descobertas.

Com uma metodologia clara e embasada nos 7 hábitos, os alunos e a equipe escolar são levados a refletir sobre formas diferentes de enxergar as situações (VER), mudando comportamentos (FAZER) e assim conseguem alcançar resultados diferentes e consistentes (OBTER), especialmente focados em 3 dimensões: desenvolvimento das habilidades de liderança, na cultura escolar e nos resultados acadêmicos.

Saiba mais e ative a liderança em sala de aula!

Compartilhe: